domingo, 30 de abril de 2017

Você se lembra da cadela Laika?

Em 3 de novembro de 2017, serão completos 60 anos desde que o primeiro ser vivo foi lançado à órbita terrestre - a cadela 'Laika'. No entanto, a história por trás desse feito é triste. Laika foi enviada deliberadamente para morrer: os cientistas sabiam que a pequena cápsula em que ela seria inserida não poderia ser recuperada, já que tal tecnologia ainda não existia em 1957. 

O artista dinamarquês Trentemoller fez um tocante vídeo baseado na história de Laika:




A intenção era manter Laika em órbita durante 7 dias para coletar dados sobre como organismos vivos reagem a vôos espaciais - depois disso, ela seria eutanasiada. Forneceu-se à cadela suprimento de alimento, bem como oxigênio. Ela foi acoplada a um saco para coletar seus dejetos; um colete e correntes foram colocados ​​para restringir seus movimentos (não havia espaço para ela se virar). O plano não correu como esperado, entretanto: Laika morreu apenas 5-7 horas após o lançamento, devido ao altíssimo estresse a que foi submetida e ao mau funcionamento de um dispositivo, o qual fez a cápsula sobreaquecer a 40° C.


Laika em sua minúscula cabine.

"Depois do sucesso do Sputnik 1 em outubro de 1957, Nikita Khrushchev, o líder soviético à época, queria uma nave espacial lançada em 7 de novembro de 1957, o 40º aniversário da Revolução de Outubro. Khrushchev demandou a seus engenheiros que entregassem um 
"evento espacial espetacular" - uma missão que repetisse o triunfo do Sputnik 1, impressionando o mundo com as proezas soviéticas. (...) A decisão oficial de lançar o Sputnik 2 foi feita em 10 ou 12 de outubro, deixando menos de quatro semanas para projetar e construir a espaçonave. A Sputnik 2, portanto, foi concebida às pressas, com a maioria de seus elementos construídos a partir de esboços grosseiros. "

"Quanto mais tempo passa, mais sinto remorso, não devíamos ter feito isso... Não aprendemos o suficiente com esta missão para justificar a morte da cadela". (Oleg Gazenko, 1998)

Mais sobre a história de Laika e cães usados ​​em expedições espaciais - vale a pena a reflexão: