terça-feira, 29 de setembro de 2015

Música para os ouvidos: Amon Tobin

Talvez pouca gente aqui tenha ouvido o nome deste músico, reconhecido na cena eletrônica por suas geniais colagens e composições musicais - como 'Slowly', em que mescla o sample dum reggae obscuro setentinha a doses generosas de jazz. O resultado é este cativante deleite sonoro:


O trabalho de Amon é complexo, singular - quase científico, bastante experimental - e prova que batidas, samples, teclados, sintetizadores e demais e apetrechos eletrônicos vão muito além do costumeiro 'tuntz tuntz' robótico da típica música eletrônica. 

Neste breve documentário, Tobin pinça um pouco de sua arte peculiar e introspectiva, mostrando a criação de algumas faixas do álbum 'Foley Room', suas inspirações e uso de 'instrumentos' pra lá de não-convencionais, como sons de animais e insetos. 

Ah, sim: Amon é carioca - embora tenha vivido somente parte da infância por aqui e ter se mudado bastante (atualmente vive em São Francisco, EUA), encontramos várias referências brasileiras em suas músicas.






Um 'plus' aos interessados: entrevista 'caseira' mais recente, oriunda da página oficial no YouTube, em que fala um pouco sobre sua carreira: